domingo, 25 de outubro de 2009

5ª Jornada

A 5ª jornada do Distrital não teve desfechos que fossem considerados de anormais, dentro daquilo que vindo a ser o comportamento dos clubes desde o início do campeonato. A Desportiva do Fundão, a jogar em casa, rubricando uma exibição agradável, venceu o Teixosense, por 2-0 e manteve a liderança da liga, com mais um ponto que o Águias do Moradal que se mantém atento em não deixar fugir os fundanenses na tabela classificativa. A Desportiva do Fundão conseguiu marcar cedo, por intermédio de Ricardo Morais, num golo de grande nível. Teve mais ocasiões para ampliar o marcador, mas só na segunda parte, quando o Teixoso já jogava com 10 unidades, por exclusão, por duplo amarelo de Jorge, conseguiu arrumar o jogo a seu favor, com um golo de Hélder Rodrigues, quando o relógio assinalava o minuto 57. Vitória que se ajusta ao ocorrido no municipal do Fundão. No Estreito a equipa da casa teve que se haver com um Valverde muito organizado e a tapar todos os caminhos da sua baliza. A equipa de António Belo chegou ao golo com um daqueles remates de fazer levantar um estádio. Cerca dos 35 minuto Gonçalo Guerra ganha posição e enquadramento com a baliza e, com um remate de longa distância, fez um golo de bandeira, um golo que valeu e bem os três pontos. Na Atalaia a equipa da casa, em três jogos realizados no seu recinto já perdeu cinco pontos. A Atalaia do Campo entrou muito bem no jogo com o Pedrógão, conseguiu, logo aos 7 minutos adiantar-se no marcador, por intermédio de Bruno Correia, dominou durante os restantes minutos até ao intervalo, mas depois teve que se haver com uma equipa de Pedrógão de S. Pedro, também com muita qualidade e que apareceu para a segunda parte com outra postura e bastante mais ofensiva. O golo do empate aconteceu aos 69 minutos, por David. ( ver crónica do jogo à parte) Em Proença não houve golos na partida entre a equipa da casa e o Vitória de Sernache, contudo, aquela que esteve mais próxima de sair do campo Senhora das Neves com os três pontos foi o Vitória. A equipa de Simões Gapo teve uma grande penalidade a seu favor, quando já se jogavam os minutos de compensação, mas Bruno, que foi o jogador chamado a converter o castigo máximo o que fez foi permitir a defesa ao guardião da casa. Até se podem referenciar outros lances de perigo junto de uma ou outra baliza, mas desperdiçar um pénalti, em tempo de descontos… Enfim, deve custar bastante e até se pode alegar falta de sorte. Na Lardosa a equipa da casa recebeu o Oleiros e a equipa de José Ramalho, naturalmente, melhor apetrechada de jogadores, impôs-se com dois golos sem resposta. O primeiro foi apontado por Tomás, quando se jogava o minuto 57 e sobre o termo do encontro, Esquivas, assinou o segundo. No campo das Torgas o Unhais conseguiu adiantar-se no marcador, por Gonçalo, que converteu com sucesso uma grande penalidade, mas na segunda parte o Vilarregense cresceu, teve pela frente uma equipa muito frágil e também com muita falta de experiência, para marcar por quatro vezes, infringindo a quinta goleada à equipa do FC Estrela de Unhais da Serra. Na tabela classificativa o Fundão lidera com 13 pontos, seguido de Águias do Moradal, com 12 e nos restantes lugares de apuramento, o Sernache tem 10, Pedrógão e Teixosense 9 e a Atalaia do Campo 8.
Loading...