domingo, 2 de novembro de 2008

2ª Jornada - FOTOS FUTSAL

Futsal - 2ª Jornada

Dia 1 de Novembro de 2008, primeiro jogo em casa. Tínhamos consciência das dificuldades pois iríamos enfrentar a equipa de Penamacor, que era considerada como uma das sérias candidatas á subida de divisão. Antes de falar do jogo, e como poderão ler a seguir, tivemos que “corrigir” algumas (muitas) questões levantadas pela equipa de arbitragem, relacionadas com o nosso MAGNIFICO pavilhão, cujos árbitros se encontrava ilegal , nas marcações, balizas, as nossas bolas também não serviram, enfim vontade a mais de complicar a uma equipa que só quer participar e cuja associação possivelmente deve ter feito a vistoria ao recinto, e aprovado e eu acrescento, NÓS até já fizemos um jogo no Peso,( PARA BOM ENTENDEDOR MEIA PALAVRA BASTA). Apesar do aparente favoritismo, o jogo começou e nos primeiros minutos verificou-se que a equipa do futsal do GDVS estava a conseguir equilibrar o jogo com a equipa adversária. Apesar de termos criado várias situações de golo, foi a equipa adversária que a meio da 1ª parte se adiantou no marcador. A “maltinha” do Futsal não se deixou ir abaixo e continuou a lutar, até que através do Fábio (Fagulha) que após uma assistência do Nélson (Fofinho) bateu o guarda-redes adversário fazendo assim o tento do empate. Após o empate a turma vitoriano comandou o jogo e Fábio voltou a facturar, levando o pavilhão ao rubro. Com 2-1 ao intervalo, justo diga-se, veio o intervalo e as palavras do “mister” sempre sábias para nos colocar mais á vontade e mais confiantes. No arranque da segunda parte fomos claramente superiores e foi com alguma naturalidade que chegamos ao 3-1, novamente através do Fábio que recebendo novamente um passe directo do guarda-redes conseguiu dilatar o marcador. Entrou-se no melhor momento do GDVS, que por mais duas vezes podia ter marcado não fora a pontaria demasiado certeira nos ferros da baliza e a eficácia do guarda redes visitante. Até que entrou em acção a pior equipa das três que estavam em campo, a equipa de arbitragem, que a partir de certa altura começou a tomar uma atitude claramente favorável á equipa forasteira, assinalando faltas contra a equipa do GDVS que só mesmo na mente (talvez conturbada) do árbitro faziam sentido. Com essa ajuda inesperada do árbitro (quem disse que os árbitros nos regionais são sempre caseiros?) a equipa do Penamacor recuperou da desvantagem, isto apesar de mais uma golo do Fábio, mas sentíamos que o árbitro estava a dar uma ajuda extra á equipa adversária, conseguindo assim atingir a igualdade a 4-4, isto num lance precedido de falta em que a equipa adversária, apesar de termos um jogador no chão, continuou a jogada fazendo a igualdade denotando uma enormíssima falta de “fair Play”. Chegou então, o momento chave do desafio, o segundo árbitro interpretando mal um comentário do jogador Diogo mostrou-lhe o segundo cartão amarelo, e o consequente vermelho expulsando-o do jogo. Foi um momento difícil de aceitar para todos nós, em particular para mim e para o “mister”, pois estávamos junto dele ficamos estupefactos ao ver aquela decisão, já que o comentário do Diogo em nada foi ofensivo. O “mister” não se conteve e por momentos houve alguma tensão. Foi um período difícil para a equipa que apesar de reduzida a 4 elementos, conseguiu suster as jogadas ofensivas da equipa adversária. Mas acabaria por sofrer o 4-5 através da marcação de um livre directo, pois através das faltas “imaginadas” pela equipa de arbitragem tínhamos atingido as 5 faltas. Mas demonstrando um carácter e um “querer” acima da média conseguimos chegar ao 5-5 a breves instantes do fim do jogo através do Tiago (Motha). Mas a sorte não queria nada connosco, e a poucos segundos do fim, e depois de um jogador da CB Penamacor na ânsia de fazer o golo, acaba por tirar a bola com a mão quando esta ia a entrar na nossa baliza, e como o arbitro não marcou mais uma vez a falta a nosso favor, ai a falta de sorte foi evidente, pois a jogada segue e um jogador adversário consegue ganhar três ressaltos consecutivos, a equipa de Penamacor chegou ao golo, conseguindo assim uma difícil vitória. Bola ao centro e termina o jogo. Neste jogo há que ressaltar a brilhante exibição de TODOS os elementos da equipa do GDVS, pois bateram-se com dignidade e em nada foram inferiores á equipa adversária, pois até esta reconheceu no final que os erros da equipa de arbitragem prejudicaram e muito esta nossa aguerrida e muito voluntariosa equipa, que demonstrou que apesar de novata na competição, cinco talvez não cheguem para nos vencer, hoje eram “sete” e foi por pouco… Não poderia acabar este texto sem agradecer a toda a imensa massa associativa que, quase encheu o pavilhão e do primeiro ao último minuto apoiou de forma incondicional a equipa. Para finalizar deixo o nome dos jogadores do GDVS que apesar de derrotados, saíram de campo de cabeça erguida e conscientes de que fizeram tudo o que lhes estavam ao seu alcance para dignificarem o emblema que orgulhosamente representam. Assim a equipa do GDVS era representada pelo Nelson, Tiago, Diogo, João, Miguel, Orlando, Tiago, Fábio, Eurico e Nuno.
MV e AA
Outro Comentário em:
Loading...