segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Futsal 8ª Jornada

17 Janeiro de 2009, 20 Horas, dia de defrontar a A. J. Peso.
Era um jogo importante para nós pois, além de estar há já três jogos sem ganhar, era contra um adversário que estaria ao nosso alcance. Foi esse o tom dominante da habitual palestra do mister, antes do encontro, relembrando-nos ainda para as movimentações defensivas trabalhadas no treino da última quarta-feira. O jogo começou com a “maltinha do Futsal” a tomar conta do jogo logo no início e foi com alguma naturalidade que chegou ao 1º golo logo à passagem do 2º minuto, onde na sequência de um pontapé de canto, o Igor acabaria por marcar um golo de belo efeito. O jogo parecia que tinha só um sentido, o GDVS dominava claramente o desafio, mas as bolas não entravam, ora era o guarda-redes a evitar que a bola entrasse, ou era o poste a devolver a bola (minuto 9’ e 21’ nos remates do Fagulha). Apesar do domínio a falta de golos ia trazendo alguma intranquilidade, pois a qualquer momento, numa falha nossa a equipa do Peso poderia chegar à igualdade. Até que aos 22’30” o Igor após uma bela jogada individual do nosso capitão Diogo, iria marcar o segundo golo, dando assim mais expressão ao resultado e trazendo mais justiça no marcador. Continuávamos a dominar e volvidos 4 minutos o Tiago Mota, num forte remate fora de área iria elevar o marcador para 3-0. Mas não acabaria a primeira parte sem sofremos um golo, mais uma vez com alguma infelicidade, pois o tento da equipa do Peso surgiu num auto golo do nosso jogador Edgar. No segundo tempo continuamos a ter o domínio do jogo, e aos 9 minutos o GDVS ira marcar mais um golo, através do Diogo, que recebendo uma bela abertura do Igor, apareceu de frente para o guarda-redes, fazendo assim o 4-1. O 5-1 iria surgir ao minuto 27 numa bela jogada individual do Igor, fazendo assim o terceiro da sua conta pessoal, que se as duas bolas que foram ao ferro da baliza do Peso entrassem poderia ter feito uma mão cheia de golos. Até ao final do encontro a equipa do Peso beneficiaria de dois livros directos (tínhamos atingido a 5ª falta logo aos 15 minutos do segundo tempo), mas não iria marcar nenhum e só iria reduzir o marcador ao minuto 33’ 40”, mas no segundos antes do final do jogo o Fagulha iria fazer o resultado final de 6-3, num lance de insistência, conseguindo assim o já muito merecido golo da ordem. Resta-nos dizer que foi uma vitória justa da melhor equipa, que assim permitiu ao GDVS subir duas posições na tabela classificativa e manter assim intactas as nossas pretensões de lutar para os lugares de acesso aos “Play-off” finais.
Loading...