quinta-feira, 21 de junho de 2007

O fim ... no final ...

Pois é, este foi um espaço sob a equipa sénior do GDVS, da responsabilidade dos seus atletas cujo objectivo foi ao longo da época que agora terminou, dar a conhecer as incidências do nosso percurso no campeonato que agora terminou.
Como muito visitado, e como meio ao alcance de todos para alvejar, determinados "principios", justa ou injustamente, é dever dos atletas agradecer a todos os que por aqui passaram, e tal como a época desportiva também este espaço tem um terminus. Pensamos ser lógico que assim suceda..
de todos os que trabalharam aqui,
a todos os que aqui passaram,
obrigado

terça-feira, 29 de maio de 2007

Mensagem do treinador

Nova época se inicia, novos valores apresentamos, maior a nossa ambição. Com os valores apresentados de certeza que construiremos um bom colectivo, trabalhando sempre com a ambição de sermos os melhores. Se cada um individualmente der o seu máximo em prol do colectivo, se o grupo se mantiver, como é nosso apanágio, unidos, de certeza que teremos bastantes alegrias. Trabalhar sempre no máximo vai ser nosso lema. Respeitar todos os adversários, e de certeza que com o nosso valor, vamos ser também respeitados e temíveis. Dentro da arena vamos ser 11 x 11 e orçamentos não ganham jogos nem existem vencedores antecipados. Contamos também com o apoio sempre inprescindivél dos nossos adeptos.
Este blog é com toda a certeza uma iniciativa bonita, e até já muito usual em muitos outros clubes, mas vamos nós torná-lo um espaço sério e informativo deixando as «babuseiras» para uma secção separada. Um abraço a todos apoie o vitória.

terça-feira, 8 de maio de 2007

AF Castelo Branco - 28ª Jornada

GDV Sernache - 6 Oleiros - 2 Equipa Inicial: 1 - Vilela 2 - Maçaroco 3 - Tomás 4 - Fernando Miguel 5 - Pedro 6 - João Viana 7 - Rogério 8 - Dani 9 - Miguel Farinha 10 - Fredy 11 - Paulo Lopes Banco: João Pereira Rui Daniel Filipe Amaro Moita Dário Substituições: Maçaroco por Filipe Amaro; Fredy por João Pereira; Vilela por Moita Após pesada derrota no Fundão, era importante dar uma boa resposta e ganhar este jogo. No ar havia a ideia de desforra, num desafio olhado por muitos como um derby. O jogo começou com toada dominante por parte dos da casa. Toada essa que se manteve até final sem grande réplica dos visitantes. Excelentes jogadas de entendimento, com a bola a rodar de forma segura por todos os jogadores. Uma avalanche atacante que teria como consequência última uma goleada já pouco habitual por 6-2. Da parte do Vitória, especial destaque para Fredy que fez o seu 1º hattrick desta época e rubricou uma excelente partida. Os outros golos dos vitorianos foram marcados por Paulo Lopes, Miguel Farinha e Tomás. Excelente partida de futebol, 3 pontos ganhos e um bom espectáculo para o público.

AF Castelo Branco - 27ª Jornada

Fundão - 3 GDV Sernache - 0 Equipa Inicial: 1 - Vilela 2 - Maçaroco 3 - Tomás 4 - Dário 5 - Pedro 6 - Filipe Amaro 7 - Rogério 8 - Dani 9 - Miguel Farinha 10 - Mpasso 11 - Paulo Lopes Banco: João Pereira Rui Daniel Fredy Moita Fernando Miguel Ao contrário da tendência vitoriosa demonstrada nos últimos jogos, a 27ª Jornada ficou marcada por uma pesada derrota no terreno do Fundão. Apesar dos primeiros lances de perigo terem pertencido ao Vitória, foi o Fundão que inaugurou o marcador. Alguma polémica, uma vez que o marcador do golo poderia ter sido expulso numa jogada anterior. Após o golo, o Fundão demonstrou superioridade chegando a marcar mais 2 golos, selando o marcador. Resultado pesado e um pouco injusto.

terça-feira, 24 de abril de 2007

AF Castelo Branco - 26ª Jornada

GDV Sernache - 4 Atalaia - 1 Equipa Inicial: 1 - Vilela 3 - Fernando Miguel 3 - Tomás 4 - Dário 5 - Pedro 6 - João Viana 7 - Rogério 8 - Dani 9 - Miguel Farinha 10 - Mpasso 11 - Paulo Lopes Banco: João Pereira Rui Daniel Filipe Amaro Fredy Moita Fernando Miguel Substituições: Paulo Lopes por Filipe Amaro; Rogério por Fredy; Mpasso por João Pereira Uma volta de campeonato depois, voltam a encontrar-se duas equipas que proporcionaram um dos melhores jogos da distrital. Na altura o resultado foi de 3-4 premiando uma grande exibição da equipa do Vitória de Sernache. Desta feita o palco era outro. Em campo encontraram-se Vitória de Sernache e Atalaia. Apenas 1 ponto a separar as duas formações o que demonstrava equilíbrio, pelo menos à partida. Na equipa titular destaque para Rogério que substituiu Rui Daniel, ainda em recuperação de uma lesão. Este foi o 1º jogo a titular do vitoriano e pode dizer-se que deu muito bem conta do recado, cumprindo com o que lhe foi pedido. O jogo começou algo morno com pouco perigo junto das balizas até que o defesa visitante toca na bola com o braço. Penalty e cartão amarelo. Paulo Lopes não hesita e inaugura o marcador. Até ao fim da 1ª parte pouco mais se passou. A 2ª parte começa e pouco tempo depois Mpasso, num arranque pela esquerda a desferir um remate de "trivela" a enganar o guarda redes que esperava o cruzamento. Grande golo a surgia a sensação que o jogo estava controlado. No entanto pouco tempo depois surge o golo da Atalaia. De repente o que parecia certo deixava de o ser. O Vitória não caiu na tentação de defender o resultado e, na sequência de uma grande jogada de Mpasso na direita, Paulo lopes a bisar e a trazer tranquilidade à equipa e aos adeptos. Depois disso só deu Vitória. Paulo Lopes é substituido por Filipe Amaro e este, pouco depois de entrar a marcar outro grande golo. Um remate de meia distância a levar a bola a entrar no canto superior direito da baliza, sem hipóteses para o guarda redes que, em apenas dois jogos, sofre 8 golos do Vitória. Com este triunfo o Vitória fica em 4º lugar a 2 pontos da Atalaia que tem um jogo a mais.

segunda-feira, 16 de abril de 2007

AF Castelo Branco - 25ª Jornada

GDV Sernache - 1 Póvoa de Rio Moinhos - 1 Equipa Inicial: 1 - Vilela 3 - Fernando Miguel 3 - Tomás 4 - Dário 5 - Pedro 6 - João Viana 7 - Rui Daniel 8 - Dani 9 - Miguel Farinha 10 - Fredy 11 - Paulo Lopes Banco: João Pereira Rogério Filipe Amaro Rui Dominguez Mpasso Moita Substituições: Miguel Farinha por Mpasso; Fredy por Rui Dominguez; Fernando Miguel por Filipe Amaro Em campo encontravam-se duas equipas com aspirações bem diferentes no campeonato. A separá-las estavam 26 pontos que demonstravam bem a diferença entre as duas formações. Desde o início percebeu-se qual o intuito das duas equipas. O Vitória dominava e o Póvoa defendia como podia esperando um eventual erro do adversário. O jogo começou com grande vontade dos da casa em marcar cedo, no entanto o tempo ia passando e golos, nada! Chegou-se ao intervalo sem claras situações de golo. Na segunda parte a toada manteve-se e, na sequência de um canto, Tomás aproveitou a confusão na área para marcar o 1º golo. Uma boa prenda para festejar o seu aniversário comemorado no dia anterior. Apesar do golo a equipa do Vitória não queria descansar e procurava o 2º tento. No entanto, na recta final do encontro, uma falta assinalada a meio do meio campo do Vitória permitiu o golo dos visitantes que até ali não tinham obrigado Vilela a uma única defesa. Até ao fim a pressão dos vitorianos intensificou-se. Houve mesmo um golo marcado por Dani na sequência de uma recarga a remate de Velho. No entanto o árbitro a anular por fora de jogo. Decisão no mínimo duvidosa. Até ao fim os lances de perigo sucediam-se, no entanto, ou falhavam o alvo ou estavam em fora de jogo. A cinco minutos do fim, Velho, que até ali estava a fazer uma exibição de muito sacrifício, como aliás é seu apanágio, a sofrer uma lesão nas costas sendo mesmo obrigado a ir ao Centro de Saúde. Esta lesão aconteceu numa altura em que já tinham sido efectuadas todas as substituições, pelo que o Vitória acabou o jogo com 10 elementos. Um empate que soube a derrota uma vez que a diferença entre as duas equipas foi notória e os visitantes nada fizeram por merecer. Desejamos as melhoras ao Velho.

quinta-feira, 5 de abril de 2007

Os jogadores e amigos desejam-te as melhoras!!!


Como todos sabem, no passado Sábado dia 31 de Março, António Joaquim sofreu uma queda da qual resultou uma grave lesão. Na sequência da queda, António partiu o braço o que impossibilita de jogar mais esta época.


Assim, todos os jogadores (os suplentes também :) ) querem desejar-te rápidas melhoras e dar-te força para superares este momento difícil.

Até ao fim do campeonato só há uma coisa a fazer... ganhar todos os jogos para lhe dedicarmos as vitórias...

De todos os jogadores e amigos um abraço!!!!

24ª jornada do Distrital da AF Castelo Branco

GDV Sernache - 4 Escalos - 0 Equipa Inicial: 1 - Vilela 3 - Fernando Miguel 3 - Tomás 4 - Dário 5 - Pedro 6 - João Viana 7 - Rui Daniel 8 - Dani 9 - Miguel Farinha 10 - Fredy 11 - Paulo Lopes Banco: João Pereira Rogério Filipe Amaro Rui Dominguez Mpasso Substituições: Filipe Amaro por Velho; Rui Dominguez por Miguel Farinha; Rogério por Fredy. No último jogo antes da paragem da Páscoa era importante assegurar uma vitória e para isso, marcar cedo era determinante. Assim foi... 5 minutos tinham passado quando Dani remata forte e rasteiro e faz o 1º golo. Pouco tempo depois, Tomás alivía a bola, esta bate na trave e é devolvida para Paulo Lopes que, cheio de oportunidade encosta de cabeça e faz o 2º da equipa visitante. A partir daqui percebeu-se que, muito dificilmente, a vitória nos fugiria. A equipa dos Escalos pouco ou nada conseguia fazer e é sem surpresa que o 3º golo surge na sequência de um canto cobrado por Velho e finalizado por Tomás. Pouco depois acabava a 1ª parte. A 2ª parte começava e a toada era a mesma... Embora com menos intensidade, o domínio do Vitória mantinha-se. Até final apenas há a destacar o 4º e último golo marcado por Dani que assim bisava e fixava o resultado final. Mais 3 pontos ganhos pela melhor equipa em campo.

terça-feira, 27 de março de 2007

23ª Jornada AF Castelo Branco - 1ª Divisão

GDV Sernache - 4 Pedrógão - 0 Equipa Inicial: 1 - António Joaquim 3 - Maçaroco 3 - Tomás 4 - Dário 5 - Pedro 6 - João Viana 7 - Rui Daniel 8 - Dani 9 - Miguel Farinha 10 - Fredy 11 - Paulo Lopes Banco: Moita João Pereira Rogério Filipe Amaro Rui Dominguez Mpasso Substituições: Mpasso por Fredy; Rogério por Dani; João Pereira por Pedro. Antes da partida os dois adversários encontravam-se separados por bastantes pontos, diferença essa que se tornou bem evidente assim que o jogo começou. O Vitória começou a pressionar mostrando desde cedo que queria mandar no jogo. O domínio foi uma constante, culminando com o golo de Miguel Farinha após assistência da direita por parte de Fredy. As oportinidades sucederam-se mas, no entanto, golos nem vê-los, quer por ineficácia atacante quer por boas intervenções do guarda-redes. De destacar o duelo interessante entre o vitoriano Rui Daniel e o guarda-redes visitante. Rui Daniel tentou por várias vezes o remate de meia distância no entanto o guardião visitante a dar conta do recado. O intervalo chegou com o resultado em 1-0. A segunda parte começou com a mesma toada com que o primeiro tempo terminou. Só dava Vitória. No entanto o golo da tranquilidade tardava em chegar até que o defesa adversário resolveu ajudar e, com um auto-golo, alterava o resultado para 2-0. A partir daí ainda se tornou tudo mais fácil. Dani assinou o terceiro tento e Paulo Lopes, de forma espectacular a estabelecer o resultado final em 4-0. Resultado justo! Mais 3 pontos para o Vitória.

quarta-feira, 21 de março de 2007

(Des)Actualização

Pedimos desculpa mas ultimamente não nos tem sido possível a actualização do nosso blog. Prometemos o mais depressa possível voltar a comentar e a dar mais informações.
Saudações Vitorianas

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

16ª Jornada AF Castelo Branco - 1ª Divisão

Lardosa - 0 GDV Sernache - 6 Equipa Inicial: 1- António Joaquim 22- Maçaroco 36- Tomás 14- F.Miguel 5- Pedro 6- João Viana 30- Rui Daniel 21- Dani 7- Bruno Bastinho 3 - João Pereira 25- Rui Dominguez Substituições: João Pereira por Miguel Farinha; João Viana por Paulo Lopes; Rui Dominguez por Filipe Amaro. De regresso aos jogos do campeonato, era necessária uma vitória para fazer esquecer o desaire do afastamento da Taça no fim de semana anterior. E foi com esse intuito que a equipa entrou em campo. António Joaquim aproveitava também para rodar jogadores menos utilizados, como foi o caso do avançado Rui Dominguez e do médio João Pereira. O jogo começou como se esperava. Domínio absoluto dos visitantes, no entanto o golo tardava em surgir. Passava já da meia hora quando Bastinho sofre falta dentro da área. Penálti!! Fernando Miguel é chamado a converter e não falha. A partir daí tudo se tornou mais fácil com as oportuinidades de golo a surgirem culminando no segundo tento do jogo, desta feita por Bruno Bastinho. Na segunda parte, não só o domínio do Vitória foi ainda mais intenso, como também a oposição perdeu dinâmica. Mais quatro golos. Três de Bastinho e um de Paulo Lopes que entretanto tinha entrado para o lugar de João Viana. Da equipa do Lardosa, destaque apenas para a sua melhor ocasião de golo. Desatenção no meio campo e perda que bola. O avançado da casa corre vários metros sozinho até à baliza e remata sem oposição proporcionando uma boa defesa do guarda redes. No final 0-6. Um resultado que não levanta quaisquer dúvidas e que lança o Sernache novamente na luta por um bom lugar na tabela classificativa.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007

Meia Final da Taça da AF Castelo Branco

Póvoa de Rio de Moinhos - 0 GDV Sernache - 0 (vitória do Póvoa por 4-2 após penáltis) Equipa Inicial: 1- António Joaquim 22- Maçaroco 36- Tomás 14- F.Miguel 5- Pedro 6- João Viana 30- Rui Daniel 21- Dani 7- Bruno Bastinho 20 - Miguel Farinha 25- Paulo Lopes Substituições: Miguel Farinha por Fredy; João Viana por Rogério À partida para este jogo, a esperança num bom resultado era muita. Estava em causa a presença na Final da Taça o que, para a maioria dos atletas, era uma novidade muito desejada. O jogo começou com sinal mais do Vitória. O domíno era evidente e a equipa da casa não mostrava argumentos para o contrariar. Esta limitava-se a defender como podia, fiando-se na qualidade indiscutível do seu guarda redes. É assim, sem surpresa, que se verifica que as ocasiões de golo partiram sempre dos mesmos. Bruno Bastinho e Dani tiveram nos pés as melhores ocasiões que sairam invariavelmente frustradas, ora por mérito do guarda redes da casa, ora por azar dos atacantes. Após uma 1ª parte sem grande história, em que o Póvoa nunca importunou a baliza de António Joaquim, os da casa iniciam a segunda parte ainda mais retraídos na sua defesa. A partir do meio do segundo tempo, o Póvoa recorre ao anti jogo para fazer passar o tempo. Atirar bolas para dentro de campo, simulação de lesões... Enfim, tudo servia para tentar levar o jogo para as grandes penalidades. Fredy e Rogério entram com o intuito de dinamizar ainda mais o jogo. No entanto, culpa da atitude defensiva da equipa da casa, nada se altera e o jogo vai mesmo para os penáltis. Nesta altura não interessa quem jogou melhor ou pior, quem fez anti jogo ou não.. interessa sim a sorte, e esta não esteve do lado do Vitória. Do lado do Póvoa ninguém falhou, ao passo que o Vitória desperdiçou duas oportunidades, adiando o sonho da final para épocas futuras... A ideia que fica é que o Vitória não perdeu nos penáltis mas sim durante os 90 minutos, uma vez que não aproveitou as oportunidades de golo que criou.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

15.ª Jornada

Proença a Nova- 2 V. Sernache- 0 Equipa Inicial: 1- António Joaquim 22- Maçaroco 36- Tomás 14- F.Miguel 5- Pedro 6- João Viana 30- Rui Daniel 21- Dani 7- Bruno Bastinho 11- Fredy 25- Paulo Lopes Substituições: Fredy por Mpasso; Bruno Bastinho por Miguel Farinha; Maçaroco por Rogério Venceu bem o Proença a Nova face a um Vitória de Sernache que esteve irreconhecivel num jogo onde nada saiu bem e que acabou por ser, talvez, a pior exibição da época... Assim acabou a primeira volta do campeonato e no próximo Domingo há Taça.... Venha apoiar o Vitória neste jogo que pode dar acesso á tão desejada final.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

14.ª Jornada

V.Sernache- 3 Alcains- 0 Equipa Titular: 1- António Joaquim 22- Maçaroco 36- Tomás 14- F.Miguel 5- Pedro 6- João Viana 30- Rui Daniel 21- Dani 7- Bruno Bastinho 11- Fredy 25- Paulo Lopes Substituições: Fredy por Mpasso; António Joaquim por Vilela; Paulo Lopes por João Paulo O V.Sernache regressou ás vitórias frente ao Alcains e assim reduziu a diferença pontual para o 5.º lugar da classificação, ocupado, precisamente, pelo adversário deste Domingo. Foi uma primeira parte muito bem jogada por ambas as equipas que tentavam e conseguiam praticar bom futebol, sempre com a preocupação de jogar a bola rente á relva... Mas esteve melhor a equipa da casa que fazia boas trocas de bola, em velocidade e sempre de forma objectiva com os olhos postos na baliza adversária. E é assim que consegue chegar ao primeiro golo da partida, boa jogada de entendimento entre os seus jogadores, João Viana faz um excelente passe a rasgar a defensiva do Alcains, Fredy faz a simulação e deixa passar a bola entre as pernas para Maçaroco que vinha de trás e, já dentro da área, desfere um forte remate á barra... no ressalto, o defesa e o guarda redes não se entendem e aparece Paulo Lopes a encostar para o fundo das redes fazendo o 1-0. Tentou reagir a equipa forasteira que trocava bem a bola no meio campo, mas não conseguia criar perigo junto da baliza do Sernache que mantinha sempre a sua defensiva muita atenta e concentrada e anulava os lances antes destes chegarem perto da sua área... A excepção aconteceu quando um jogador do Alcains consegue ganhar vantagem, mas António Joaquim sai bem da baliza e cede canto. Deste lance, o guarda redes Vitoriano fica tocado e acabaria por ser sustituido no decorrer da segunda parte. O Sernache não tira o pé do acelerador e chega ao 2-0 ainda na primeira parte, novamente Maçaroco na jogada que faz um centro da direita e encontra Dani na área que cabeceia para a baliza, mas a bola tabela em Paulo Lopes enganando assim toda a gente. O intervalo chegou com uma vantagem justa do Sernache que soube aproveitar os erros contrários. Para a segunda parte o Vitória vem com o intuito de controlar a partida já que cabia á equipa forasteira correr atrás do prejuízo... Com isso a partida não foi tão bem jogada, o Alcains tentava reduzir a desvantagem mas não registou uma oportunidade digna desse nome e nunca pareceu capaz de alterar o rumo dos acontecimentos. Por seu turno, o Sernache sempre que tinha a bola chegava com maior facilidade á área contrária mas também os seus passes já não saiam tão bem direcionados como na primeira parte... ainda assim conseguia criar perigo e algumas situações de golo, Bruno Bastinho com um grande remate obriga o guarda redes a grande defesa... e na sequência de um canto aparecia o 3-0, Tomás aproveita alguma confusão na área e depois de alguns ressaltos dá o toque final para a baliza estabelecendo assim o resutado final. Vitória justa, merecida e inteiramente justificada da equipa do V.Sernache que soube jogar bom futebol, aproveitar os erros do adversário e controlar a partida quando já estava em vantagem.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

13.ª Jornada

Oleiros- 1 V.Sernache- 0 Equipa inicial: 1- Vilela 2- Bruno Bastinho 3- Tomás 4- F.Miguel 5- Pedro 6- Filipe Amaro 7- Rui Daniel 8- Dani 9- Maçaroco 10- Miguel Farinha 11- Paulo Lopes Substituições: Miguel Farinha por Fredy; Filipe Amaro por Rogério; Maçaroco por Rui Com um início de jogo um pouco atabalhoado e pouco concentrado, o Sernache permitiu um ascendente inicial á equipa da casa que era mais rápida sobre a bola e aproveitava para jogar mais sobre o meio campo Vitoriano. No entanto apenas consegue criar uma verdadeira situação de golo, mas Vilela defende o remate do avançado Oleirense que estava em boa posição... A meio da primeira parte o Sernache consegue equilibrar o jogo, ao não dar tanto espaço aos jogadores adversários e errando menos passes consegue ligar melhor o jogo e dispõe de duas boas ocasiões para inaugurar o marcador mas em ambas Paulo Lopes não consegue bater o guarda redes. Primeiro através de um remate fora da área e depois através de um cabeceamento, quem levou a melhor foi o guarda redes do Oleiros... O Sernache acabava os primeiros 45minutos a dominar mas a não conseguir marcar. Na segunda parte o jogo é muito equilibrado, sem grandes situações de golo mas ainda assim dominada a espaços pelo Vitória que conseguia criar bons lances, faltando só no momento final e na altura do remate dar melhor seguimento aos mesmos. Já perto do fim do jogo e sem que nada o fizesse prever, o Oleiros chega ao golo da vitória através de remate fora da área... o unico digno desse nome que fez na segunda parte. A partir daqui António Joaquim arrisca tudo na tentativa de, pelo menos, chegar ao empate... e tinha conseguido, não fosse o árbitro auxiliar ter anulado um golo a Dani. Livre da direita, Dani eleva-se mais alto que toda a gente e de cabeça marca, mas o auxiliar assinala fora de jogo a Tomás que nem sequer se faz ao lance e muito menos interfere minimamente na jogada... Pasme-se. Fora de jogo de posição? Não tinha sido alterada essa lei? Enfim, para a história fica o resultado final e esse não foi nada positivo. Para a semana há mais... Até lá.

sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

Estamos de volta

É isso mesmo, depois de uma pequena pausa de informações aqui no nosso blog, estamos de volta para contar tudo o que se passa sobre o nosso clube. Este Domingo recomeça o campeonato e o Vitória defronta o Oleiros num jogo que se vai disputar no Orvalho... esperamos que seja a primeira de muitas vitórias neste novo ano de 2007. Depois do jogo daremos todas as informações sobre o que se passou. Até lá e um Exelente Ano de 2007 para todos.
Loading...